quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Os gestos e seus significados em diferentes culturas

Fonte: Os gestos e seus significados em diferentes culturas


Os gestos e seus significados em diferentes culturas


Alguém ai já passou por uma situação constrangedora ao fazer um gesto quando foi pra algum outro país? Quem viaja para o exterior nem pensa que gestos bem simples têm significados muito diferentes, dependendo da cultura local. Por isso, veja antes de viajar, 10 gestos que mais causam confusão ao serem feitos no exterior.

Espalmar a mão:

Se for feito em situações corriqueiras, tanto no Brasil, como nos Estados Unidos e México, significa “pare”, o número cinco ou uma saudação. Agora, se o contexto e a forma como o gesto for feito mudarem, no Brasil, na Grécia, nos Estados Unidos, no Paquistão e na África Oriental, ele pode ser tomado como um gesto de confronto ou de maldição ou até mesmo significar “dane-se” ou “converse com a minha mão”.

Chifre feito com os dedos indicador e mínimo:

Caso alguém faça esse gesto pra você no Brasil ou na Itália quer dizer que você está sendo traído. Porém, nesses mesmos países etambém na República Dominicana e nos Estados Unidos, esse gesto pode significar insulto sexual, referência ao diabo, referência o rock’n roll ou proteção contra pragas. Na região do Texas (EUA), se você vir alguém fazendo esse gesto em um estádio de futebol, quer dizer que o torcedor está dando apoio ao time pro qual ele torce. Já se for feito em certas regiões da África pode significar maldição e se for feito na Venezuela indica sorte, futuro promissor.

Dedos cruzados:

Cruzar os dedos no Vietnã não é uma boa ideia. Lá esse gesto é considerado obsceno para a populaçao local. Já no Brasil, Estados Unidos e Reino Unido, ele é usado para atrair sorte e boas energias.

Mão em formato de figa:

Esse gesto tem significados muito distintos. Se for feito no Brasil, em Portugal ou nos Estados Unidos, significa fertilidade ou desejos de boa sorte. Também é usado em uma brincadeira infantil chamada “peguei o seu nariz”. Já na Croácia, a figa não tem valor algum. Em China, Grécia, Turquia, Indonésia e Rússia, o gesto é totalmente ofensivo, significando “dane-se”. Já na Holanda e na Tunísia, o significado é ainda mais diferente. Nesses dois países, a figa representa o órgão sexual masculino.

Mãos no bolso:

Colocar as mãos no bolso no Brasil enquanto conversa com alguém é algo super normal. Porém, se você fizer isso na Indonésia, na França e no Japão você será considerado muito mal educado.

Dedos indicador e médio levantados em forma de V:

Também conhecido como “V da vitória”, esse gesto no Brasil, nos Estados Unidos e no Canadá significa “paz e amor”, em referência ao movimento hippie. Se for feito de maneira invertida, com a palma da mão virada para dentro, o gesto adquire o significado de “dane-se” no Reino Unido, na Austrália, na Nova Zelândia e na África do Sul.

Dedo polegar levantado e os outros dedos fechados:

Esse gesto em muitos países tem um significado bom. Se for feito no Brasil, Estados Unidos, Finlândia Egito e Israel significa que algo é legal, é positivo. Também no Brasil, nos EUA e em alguns lugares da Europa é usado para pedir carona. No Japão, representa o número cinco, diferente da Alemanha onde representa o número um. Na França significa zero, nada. Agora se você fizer esse gesto na Turquia, na Nigéria, na Austrália, no Irã, em Bangladesh ou na Tailândia, se prepare. Na Turquia, é uma cantada para sair com um homossexual e nos demais países é um gesto obsceno.

Dedos indicador e polegar tocando-se em forma de círculo:

Se fizer esse gesto no Brasil ele pode assumir dois significados: de que está tudo “ok” ou ser um gesto obsceno. Nos EUA é muito normal para indicar que algo está ok. No Japão, representa valor financeiro (moeda, dinheiro), mas na França indica zero, nada. Na Turquia, indica que alguém é homossexual e na Alemanha também é um gesto ofensivo.

Dedos indicador e polegar apontados para cima:

Esse gesto pode representar dois numerais, dependendo do país onde são feitos. Na Holanda e na Bélgica, representam o número dois. Se feito na China, representa o número oito. Na Itália, ele indica que alguém ou algo é mau.

Indicador e polegar levantados, com o polegar mais relaxado:

Esse gesto é bem típico tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos para chamar o garçom. Se você fizer isso em uma bar na Alemanha, é certo que o garçom trará duas bebidas para a sua mesa. Porém, não faça isso na Malásia e no Japão, pois esse gesto é muito grosseiro.

Depois dessas dicas, ninguém mais comete gafes no exterior, não é mesmo? :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário